Sua própria companhia é suficiente?

By Thaïs Nacif | Autoestima

jul 20

Olá! Você já se sentiu participando de alguma situação angustiante e ruim onde você não conseguiu sair ? Ou conhece algum amigo que já passou por isso?

Ao ler um artigo escrito pela colunista da revista O Globo, Marta Medeiros, em 03/07/16, tive um insight sobre todas as situações onde possamos ser ​"agredidos": física, verbal e/ou até moralmente, não só por mulheres, mas qualquer um de nós, seja no relacionamento, no trabalho...

Só para lembrar, o vídeo a seguir relata, aproximadamente, o que está escrito no texto. Sugestão: Leia e assista - vale à pena! 🙂 ​​

Segundo ela, há necessidade de conscientização e resgate da autoestima da mulher e sobre às agressões sofridas, pelos homens. ​Diz assim:

​"Por que as mulheres são agredidas? Porque se envolvem com homens brutos, ignorantes, machistas...a violência cria uma relação de vínculo.

Por que ela não cai fora no primeiro tapa? ​Mulheres seguras NÃO levam adiante uma relação agressiva, suspendem o ultimate fighting assim que ele começa e partem para outra história que seja realmente de amor, e não de carência, de dominação , de submissão..."

..." Não precisamos temer a solidão. Estar consigo mesma é companhia suficiente."......" A grande revolução feminista passa pela consciência de que a solidão não é humilhante, a renúncia à nossa integridade é que é."​

Foi diante desse texto que me veio a ideia de trazê-lo pra você. Situações angustiantes podem acontecer em diversos momentos das nossas vidas!​

Ela chama atenção para a conscientização e resgate e potencialização da Autoestima: Valorização pessoal, Autoconfiança e Respeito.

Fiquei contente em saber que, mais uma vez, as mídias mais comuns, estão dando enfoque à importância da autoestima em cada um de nós!​ 🙂

Como anda a sua confiança na sua habilidade de pensar, agir e lidar com os desafios básicos da vida?

E a sua confiança no direito de ser feliz, sentido-se digno, merecedor, se valorizando e desfrutando​ do que se colhe através do seu esforço?

​Essas duas frases acima são uma parte introdutória do que Nathaniel Branden (The Six Pillars of Self-Esteem), especifica como Autoestima.

Você pode até estar pensando agora que você está bem do jeito que está e que não precisa de mudanças...Tudo bem! Só gostaria que soubesse de uma coisa: pesquisas mostram que 85% das pessoas em geral necessitam de aceitação social e somente 15% são bem-resolvidas.​​

Então, é muito importante ter consciência do que está acontecendo e trabalhar dentro de si para superar essas crenças, limitações e medos, que todos nós temos.

  •  DICA:    Ative, potencialize a sua Autoestima! Você tem como melhorar! O que você pode fazer pra se superar?

Pode ser lendo bons livros, fazendo sessões de Coaching, enfim, tudo vai depender da sua REAL vontade, do quanto VOCÊ quer se desafiar e vencer os obstáculos que a vida oferece! 🙂

O que EU posso dizer é que já passei e ainda passo por situações onde percebo que poderia estar agindo melhor, com mais segurança, mais confiança mesmo. Mas, o mais importante é que no momento que me dou conta que estou caindo nessa "armadilha", busco alguma forma de reagir (no momento, digo um enorme NÂO para o que estou pensando, sentindo e/ou agindo) e seguir por um caminho melhor...enxergar o outro, até onde eu posso ir e, principalmente, dar LIMITE  ao outro, até onde os outros podem ir...  

​Então, FOQUE NO SEU INTERIOR, no seu pilar emocional! Tenho certeza, que se você seguir por esse caminho do auto-conhecimento, todos os outros pilares da sua vida irão melhorar! EXPERIMENTE! 🙂

Follow

About the Author

Olá! Meu nome é Thaïs Nacif e sou Coach de Autoestima. Meu desejo maior é ajudar as pessoas e fazer o mundo um lugar mais feliz e agradável para se viver! Espero compartilhar aqui o meu melhor e ajudá-lo a elevar sua autoestima para um nível superior. :-)

Leave a Comment:

(3) comments

Margareth Bertolini 3 years ago

Olá Thais…

Tenho acompanahdo seus e-mail, onde você tem mandado os artigos. Tenho refletido nas coisa que tem dito, as mudanças são lentas, mas estou trabalhando com isso.

Agradeço pelos artigos. Desejo muito sucesso pra você.

Abraço

Margareth

Reply
    Thaïs Nacif 3 years ago

    Querida Margareth! Obrigada pelo “feedback”!
    Fico muito feliz, mesmo, em saber que meus conteúdos estão te ajudando!
    Mudanças são assim, mesmo! O importante é seguir no seu propósito de melhorar sempre!
    Estamos juntas, ok?! 🙂
    Beijos,
    Thaïs

    Reply
    Thaïs Nacif 3 years ago

    Que bom, Margareth!Feliz por você! 🙂
    Você já está no caminho…
    Estamos juntas!
    Bjsss…

    Reply
Add Your Reply

Leave a Comment: